>_mount

Dispositivos de armazenamento

Para acessar a um arquivo armazenado em mídia removível, é preciso conectar a mídia removível ao seu leitor correspondente e montar o dispositivo correto.
O comando que utilizo para montar os dispositivos é o mount. Não é necessário nenhum parâmetro para mostrar os dispositvos de armazenamento que já estão montados em um computador.


sl03-24:/home/ecouto# mount

/dev/sda5 on / type ext3 (rw,errors=remount-ro)
tmpfs on /lib/init/rw type tmpfs (rw,nosuid,mode=0755)
proc on /proc type proc (rw,noexec,nosuid,nodev)
sysfs on /sys type sysfs (rw,noexec,nosuid,nodev)
procbususb on /proc/bus/usb type usbfs (rw)
udev on /dev type tmpfs (rw,mode=0755)
tmpfs on /dev/shm type tmpfs (rw,nosuid,nodev)
devpts on /dev/pts type devpts (rw,noexec,nosuid,gid=5,mode=620)

No comando acima ele me informou quantos dispositivos eu tenho montados no meu computador.
para montar um dispositivo de armazenamento em um ponto de montagem, o comando abaixo pode ser usado na seguinte forma:


# mount -t “tipo” -o “opções” “dispositivo” “ponto de montagem

Para que seja possível acessar o conteúdo de algum dispositivo é preciso saber quatro itens.

1 -> qual o nome do dispositivo que será acessado
2 -> qual o filesystem (tipo) que ele está utilizando
3 -> ter um ponto de montagem ( um diretório)
4 -> ter permissão para montagem

Uma forma para saber qual o tipo de disco que eu desejo montar, utilizo o comando abaixo:

# fdisk -l

Este comando me infoma sobre todas as partições e tipos de discos que tenho no momento no meu computador. (montadas e não montadas)

Já o metodo mais garantido de encontrar o nome de um dispositivo é realizar uma busca na saída do comando dmesg.
exemplo:
preciso saber qual é o determinado nome do device do CD-ROM.

# dmesg | grep ATAPI

As informações providas pelo comando dmesg são providas pelo arquivo /var/log/messages.

Se não existir um ponto de montagem, basta criar um diretório vazio no local apropriado. Em geral no /media ou /mnt.
exemplo do montagem do meu pendrive

sl03-24:/media/pen# mount -t vfat /dev/sdb1 /media/pen/
Explicando:
mount -> comando
-t -> tipo de arquivo
vfat -> um tipo de partição
/dev/sdb1 -> referência do dispositivo do sistema
/media/pen/ -> caminho onde será montado o dispositivo

Exemplo de montagem para uma partição Windows

sl03-24:/media/windows# mount -t ntfs /dev/sda1 /media/windows/
sl03-24:/media/crom# mount -t iso9660 /dev/crom /media/cdrom/

Para desmontar um dispositivo, o comando usado é o umount.
exemplo:

# umount /media/pen
# umount /media/windows

Importante saber:
Uma outra forma de montagem, é utilizando o pacote autofs que faz toda uma estrutura configuravel para os dispositivos. Para usar o autofs o sistema precisa usar Kernel 2.6 e ter a partição /dev com udev.

Para evitar a repetição destes comandos toda vez, convém inserir uma linha no arquivo /etc/fstab
para visualizar as partições montadas no momento /etc/mtab

cat /etc/fstab – Este arquivo, traz todas as informações das partições que serão montadas quando iniciar o sistema.

cat /etc/mtab – Este arquivo, traz todas as informações das partições montadas no momento.

Importante saber:

“dump”
0 – informa que não fará backup
1 – informa que fará backup

 

>_mount
Tagged on:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: