>_Operadores e metacaracteres

Operadores e metacaracteres

Os caracteres são literais, ou seja, as letras (a-z, A-Z) e números (0-9), além de alguns símbolos e acentos. E os metacaracteres são caracteres que têm um significado especial, como o “^”, que indica começo de linha, e o “$”, que representa final de linha. Se você quer que um símbolo seja tratado literalmente, isto é, sem que seja tratado como um metacaracter, você precisa escapá-lo, colocando uma barra invertida ( ) antes do dito cujo. Um exemplo de uso disto é para o ponto ( . ), que é um metacaracter que representa qualquer caracter, e você pode querer tratá-lo como sendo apenas um ponto mesmo.

Aí vai uma listinha com alguns dos metacaracteres mais usados:

* ^ : começa com
* $ : término de linha
* . : qualquer caracter
* [] : relação de valores possíveis para um caracter. Você pode especificar uma lista ( [abcde] ), uma faixa ( [0-9] ), ou várias faixas ( [a-zA-Z0-9] ).
* {} : especifica quantas vezes o caracter pode se repetir. Por exemplo: “{2}” (duas vezes), “{2,5}” (duas a cinco vezes), “{2,}” (duas ou mais vezes).
* | : operador lógico ou
* .* : operador lógico e

Existe um outro utilitário, o egrep, que é uma versão extendida do grep. A sintaxe de uso é a mesma. Uma coisa legal dele é dispensar o escape para certos metacaracteres, como o “{}”, o que tornaria esta mesma expressão um pouquinho mais curta: [0-9]{3}.[0-9]{3}.[0-9]{3}-[0-9]{2}. Note que o ponto ainda precisou ser escapado, pois a intenção é tratá-lo apenas como ponto mesmo.

>_Operadores e metacaracteres
Tagged on:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: