>_Backup com Bacula – Conceitos de backup – 1.1

Entendendo um pouco da estrutura de backup do Bacula.

logo

O Bacula é uma poderosa plataforma de backup cliente/servidor. Com ele é possível implementar uma solução completa de cópias de dados, que podem ser armazenadas em diverso tipos de dispositivos (Discos, Fitas, DVD’s, Blu-Ray’s e etc).

O Bacula possui um conjunto de programas que permite que o administrador de sistemas administre cópias, restaurações e verificações de todos os dados que foram backupeados através de uma rede de computadores.

Por ser tratar de uma ferramenta Multiplataforma, o Bacula permite que o administrador possa administrar de várias formas. Sendo através da linha de comando, utilizando o seu próprio Shell, através da interface gráfica utilizando uma ferramenta de desktop e também através da Web.

Em resumo, Bacula é uma completa solução para criação de trabalhos de backup em rede, com poderosos recursos, múltiplas funções e de fácil configuração.

Conceito sobre Backup.

Deixando um pouco de lado a ferramenta de Backup Bacula, neste primeiro momento, pretendo abordar um pouco sobre os conceitos de Backup antes mesmo de chegar na sua configuração.

A criação de uma arquitetura de backup é uma tarefa complexa devido a heterogeneidade dos elementos que o compõe. O objetivo principal é realizar backup dos sistemas em produção mantendo-os disponíveis para a necessidade da recuperação dos dados armazenados quando preciso.

O Backup pode ser influenciado pela natureza dos dados, necessidades do negócio e a infraestrutura disponível. Abaixo estou relacionado alguns pontos importantes que devem ser considerados quando se fala de backup.

  • Janela de Backup
  • Tempo de retenção
  • Periodicidade dos dados
  • Disponibilidade dos dados
  • Capacidade de armazenamento

 

O que deve e não deve ser levado em consideração pelo o administrador de Backup falando de hardware.

  • Não é tão necessário ter tanta performance no servidor de backup.
  • Redundância de discos, fitas, e outros dispositivos do hardware.
  • O backup é uma relação custo / risco, sendo necessário avaliar o impacto.
  • O Backup jamais pode ser guardado no mesmo local de origem dos dados.

Um backup eficiente é aquele que minimiza os impactos de uma perda de dados, provendo maneiras de restaurar dados e/ou serviços dentro de um tempo tolerável de indisponibilidade, e com desatualização razoável de informações.

  • Quanto tempo eu levo para restaurar aquele servidor?
  • Eu tenho um acordo de nível de serviços?
  • Qual o meu nível de SLA acordado?
  • O Storage permitir restaurar os arquivos?

 

Antes de se pensar no software de backup, da forma que será feito as cópias dos dados é preciso avaliar pontos importantes.

  • Planejamento da arquitetura do hardware
  • O tempo que irei precisar guardar o backup
  • Documentação acordada com os diversos níveis de gerencia da organização

 

Dispositivos de armazenamento mais comuns:

  • Mídia ótica
  • Fitas Magnéticas ( Muito usada em grandes empresas )
  • Discos Rígidos ( Aumento de confiabilidade ) – Possibilidade de crescimento vertical

 

Topologia de Backups.

  • Descentralizado – Mais trabalhoso, Mais caro, requer mais conhecimento
  • Centralizado – Um único servidor de backup cliente/servidor
  • Backup em Nuvem – Requer um bom link de internet, parecido com o backup Centralizado podendo chegar a ficar alocado em um Data Center

Geralmente os backups são realizados no período da noite/madrugada, porém dependendo do negócio possa ser que não seja possível. Nestes casos, é extremamente importante que seja feito um estudo para que não impacte no negócio da organização.

  • Menos usuários
  • Quantidade reduzida de arquivos abertos
  • Evitar sobrecarga de serviços e da rede
  • O backup precisa refletir com o final do período de trabalho

 

Melhores práticas do backup.

  • Informar por escrito para o usuário ou gestor do sistema que informações estão sendo protegidas pelo backup
  • Realizar testes de restauração periódicos
  • Simular e testar novos jobs de backup
  • Testar a conexão com novos clientes
  • Testar a restauração de aplicações específicas
  • Testar a restauração de novos jobs

 

Ter uma política de backup corporativa que contenha, por exemplo:

  • Backups de arquivos de aplicações
  • Backups de arquivos de rede
  • Backups de bancos de dados
  • Backups de mensagens de email
  • Mídias obsoletas de backups deverão ser incineradas ou picotados antes de serem descartados

 

Documentações e processos por escrito.

Informar por escrito para o usuário ou gestor do sistema que informações estão sendo ou não protegias pelo sistema backup.

Automação.

  • Operações de backup devem requerer a menor intervenção humana possível
  • Robôs de fitas devem requerer o mínimo possível de substituição manuais

 

Backups vs sistemas de alta disponibilidades.

Sistemas de alta disponibilidades ou replicação dos dados, jamais serão atendidos como backup dos dados. O Backup tem como objetivo prover o dado do passado e o dado do presente. A alta disponibilidade prover somente o dado do presente. Não existe sistema 100% seguro. Por isso é extremamente importante avaliar a necessidade do dado, o quanto ele é importante para a organização.

  • Backup remoto ou cofre anti-chamas?
  • Backups redundantes?
  • Backups de hora em hora?

 

É melhor usar scripts a ferramentas de backups?

Abaixo listo alguns pontos negativos para quem utiliza somente os scripts para gerar backup dos dados.

  • Nenhuma interoperabilidade
  • Mais complexo na centralização dos backup’s requer pontos de montagens
  • Alta complexidades na criação de pequenos programas
  • Geralmente a performance é ruim

 

Níveis de backup.

Full.

O Backup full sempre copia todos os arquivos e diretório incluídos no FileSet.

  • Backup full são geralmente agendados para execução aos finais de semana
  • Um backup full pode ocupar 1 ou mais volumes

Diferenciais / Incrementais.

O diferencial é tudo que esta diferente do backup full. Contém apenas arquivos que foram modificados após o último backup full.

  • Mais fácil para restauração do backup
  • Mais utilizado
  • Ocupa mais espaço de armazenamento

 

O incremental é tudo que esta diferente em relação ao ultimo backup. Contém apenas arquivos que tenham sido modificados após o término de qualquer job de backup, não importando o nível.

  • Ocupa menos espaço no armazenamento.
  • Para restaurar o backup é necessário ter o primeiro e último backup ( Mais complexo )

 

Politicas de backup ‘s.

A politica de backup, deve ser descrita em um documento corporativo formal. Neste documento deverá conter as informações referentes as normas que serão adotadas pela organização e administração do backup.

GFS (grandfather , father , son ).

  • Diários, semanais e mensais – (Filhos, País e Avós).
  • É o esquema de rotação de backups mais utilizado no mundo
  • Off site – Fora do prédio da mesma origemOn site – Dentro do mesmo prédio de origem
  • Utiliza diferentes níveis de retenção, normalmente distribuídos entre backups diários, semanais e mensais

 

Estratégia de backup GFS.

Hierarquia de Backups

  • Backups Díarios ( sons – Filhos)
  • Backups Semanais ( Fathers – pais)
  • Backups Mensais ( Grandfathers – avôs)
  • Diários – idade curta entorno de 7 dias
  • Semanais – São mais antigos
  • Mensais – Mais antigos ainda

 

Efeitos do uso de GFS.

  • Máxima retenção de backups com um mínimo consumo de armazenamento
  • Sacrificação para granularidade da restauração ao longo do tempo, baseado no fato de que o usuário naturalmente deixa de necessitar de versões especificas de determinados arquivos ao longo do tempo.

 

Continua…

Fonte da Pesquisa:
www.bacula.com.br
www.vivaolinux.com.br
www.dicas-l.com.br

>_Backup com Bacula – Conceitos de backup – 1.1
Tagged on:

One thought on “>_Backup com Bacula – Conceitos de backup – 1.1

  • 19 de março de 2016 at 10:35
    Permalink

    show de bola, como diz o ditado, falou pouco mais falou bonito.
    apendi muito.

    marcelo

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: